Vida Bandida: Oliver Twist

Kayque Abrantes (nóis que ta ktchoro)

Pensa na história aqui: Inglaterra, século XIX, um garoto órfão e pobre que se chamava Oliver Twist. O menino passou por todo tipo de privação até ser vendido a um coveiro. Foi maltratado e acabou fugindo. Passou a viver nas ruas de Londres, onde ele conheceu Fagin, chefe de uma quadrilha de meninos especialistas em furto de joias.

Kayque

Obrigado a roubar, Oliver começa a se meter numa grande enrascada, mas nem imaginava que, em meio ao caos, o destino trará à tona os segredos de sua origem.

Essa história do escritor Charles Dickens é muito interessante porque mostra uma realidade daquela época na antiga Londres. Violência, fome, desemprego e desigualdade social marcaram a vida do pequeno Oliver.

A parte mais legal, sem dúvida, é quando a garota de programa, Nancy, vai à casa do Sr. Brownlow, o melhor amigo de Oliver, para tentar ajudar o menino a escapar da morte.

Nancy perdeu uma grande chance de matar Bill Silkes, o grande vilão da história. Por pena, deixo de envenená-lo.

Se eu fosse Charles Dickens, daria uma vida melhor para a Nancy e não deixaria que nada acontecesse a ela. Ela teve uma vida difícil desde criança, mas mesmo assim ajudou Oliver sempre que pode.

Tribo urbana: skate e preconceito

Kayque Abrantes (é nois que tá)

Faço parte de uma tribo de skatistas de SP, na cidade de Diadema. Somos uma das muitas tribos das grandes cidades. Muita gente tem preconceito em relação às tribos por não conhece-las. Vou aqui falar um pouco da minha tribo e dos preconceitos.

O que é Tribo?

Tribo é um Grupo social da mesma etnia, que vive em comunidade sob a autoridade de um ou mais chefes e compartilha a mesma língua e os mesmos costumes. Tribo também pode ser um grupo de pessoas que apresentam características e interesses comuns.

O que é uma tribo urbana

Tribos urbanas, também chamadas de subculturas ou subsociedades, são constituídas de microgrupos que têm como objetivo principal estabelecer redes de amigos com base em interesses comuns. Essas agregações apresentam uma conformidade de pensamentos, hábitos e maneiras de se vestir.

Existe uma infinidade de tribos, os clubbers, punks, rpgistas (grupos de jogadores de RPG), micareteiros, góticos, baladeiros, surfistas, hippies, nerds , rockeiros, skatistas e etc….

Mas aqui neste texto vamos falar apenas dos skatistas, já que faço parte de uma dessas tribos.

skate

Os skatistas

A característica principal dos skatistas é o skate. Muita gente não sabe, mas que a prática de skate é um esporte. Inventado na Califórnia, nos Estados Unidos, consiste em deslizar sobre o solo e obstáculos equilibrando-se numa prancha, chamada shape (em inglês: deck), dotada de quatro pequenas rodas e dois eixos chamados de trucks. Com o skate, executam-se manobras de baixos a altos graus de dificuldade. É considerado um esporte radical por permitir ao praticante realizar movimentos criativos e complexos.

Os skatistas usam roupas largas, como camisetas e calças, e estão sempre de bonés e tênis. Hip hop é o estilo de músico preferido dos integrantes dessa tribo. Muitos apaixonados pelo esporte chegam a ficar horas em cima do shape e perdem completamente a noção de tempo.

Preconceitos

O desconhecimento em relação ao esporte, leva muita gente a pensar que os skatistas são pessoas desocupadas e que não deveriam praticá-lo nas ruas das cidades. Motoristas de carros muitas vezes não respeitam o espaço dos esportistas, fazendo manobras que colocam a vida das pessoas em risco.

Muitos pais e mães proíbem seus filhos de praticarem o esporte por considerarem perigoso e arriscado. Cidades como São Paulo, onde não há muitas pistas de skate, obrigam os skatistas a andarem entre os carros, podendo ser atropelados. Além disso, qualquer queda pode ser fatal.

Algumas tribos têm preconceitos e com isso o ocorrem brigas, que podem levar até a morte.

Apesar de todos os preconceitos, acredito que ainda há muita gente com bom senso e sabe respeitar a cultura do outro. Há pra mim que quanto mais conhecermos outras tribos, seus valores e seus objetivos mais teremos condições de vivermos todos juntos.