A magia do amor

Por Lucas Rafael

RAFAEL

 

A história de Romeu e Julieta conta o amor incondicional entre dois adolescentes, que encontram várias adversidades em sua trajetória romântica, pelo simples fato de suas famílias serem rivais de sangue, Montecchio e Capuleto.

Essa história traz muitas mortes em ambas famílias, tornando-a uma tragédia, com lutas épicas e emocionantes.

Esta obra de William Shakespeare foi escrita há mais de 400 anos, se tornou um clássico da literatura no mundo todo e é lida até hoje sem perder a emoção, porque retrata o que ainda acontece os dias atuais.

Eu achei a história legal por ser um conto que mistura as emoções. Uma hora Romeu e Julieta estão felizes da vida porque casaram, e depois estão tristes porque Romeu é exilado da cidade de Verona.

A parte que mais me chamou a atenção foi o baile de máscaras, quando Romeu e Julieta se conhecem, e rola todo aquele clima, e eles inocentes sem saber do tamanho do perigo dos dois ficarem juntos.

A parte que eu menos gostei foi quando Romeu teve que vingar seu primo Mercúrcio, matando Teobaldo contra sua vontade, e como consequência foi exilado de Verona, sendo impedido de ver sua família e sua amada Julieta.

Desde o início, percebemos que esse romance não vai acabar bem, por causa do insaciável ódio entre as famílias de Romeu e Julieta.

Nos dias de hoje existem amores como o da obra do William. Essa obra é um clássico que não perde a emoção mesmo sendo escrita há mais de 400 anos.

As diferenças para hoje são poucas, mesmo sendo tempos modernos. O que não aconteceria atualmente é que não haveria tantas mortes como foi no século 16.

Eu mudaria o final, não deixaria nem Romeu e Julieta morrerem. Escreveria que os dois viajaram para muito longe e viveram felizes para sempre, e que suas famílias, logo depois desse acontecimento, reconheceram que não havia mais razão para brigas.

Uma curiosidade é que, em 2016, completa-se 400 anos da morte de William Shakespeare, autor inglês dessa obra que ficou conhecida mundialmente pelo que retrata, sobre o amor, o ódio e a sede pelo poder de ambas as famílias.

Anúncios